Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Marko Grujić é um jogador que tem estado em foco nas últimas semanas. Depois da grande época que está a fazer no Red Star Belgrade, o Liverpool chegou a acordo com o seu clube, tendo em vista a chegada do jogador sérvio a Inglaterra. Contudo, o pai do jogador não concorda com esta mudança e escondeu o passaporte dele, impossibilitando assim a transferência. Estreou-se pela equipa principal em Maio de 2013, quando Ricardo Sá Pinto era o treinador do clube. Depois disso, esteve emprestado a uma equipa da 2ª divisão, mas desde a época passada que é presença assídua na equipa principal. Este ano, leva já 22 jogos a titular, contabilizando 5 golos e 7 assistências. No passado verão, foi campeão mundial de Sub20 pela sua selecção, mas fez uma prova algo discreta. É já internacional Sub21, tendo-se estreado a 8 de Setembro de 2015.

Autoria e outros dados (tags, etc)

25 minutos de pressão Heavy Metal

por P1nheir8, em 21.10.15

 No passado sábado, Jürgen Klopp fez a sua estreia no comando do Liverpool. O jogo foi frente ao Tottenham no White Hart Lane. Para este jogo, a equipa de Liverpool tinha várias baixas e apresentou um 11 titular que era bastante fraco - para uma equipa que quer lutar pelo título de campeão.

O jogo acabou empatado a zero, apesar de terem existido várias oportunidades de golo. O que venho aqui falar, é da entrada do Liverpool em campo, com uma pressão muito alta durante 25 minutos de jogo. Durante o restante tempo também existiu essa preocupação, mas já não foi tão eficiente e acentuada. 

 

Primeiros segundos de jogo e logo grande pressão na bola, depois de ela ser perdida.

 

Mais um lance que demonstra a enorme pressão e a forma como era feita logo nas saídas a jogar do Tottenham.

 

A forma como a equipa se junta agora mais nos lançamentos.

 

Pressão no defesa. Bola entra na linha e já não há maneira de ela sair dali em boas condições.

 

Pressão logo no médio que recebe de costas e pressão no central e lateral.

 

Bola na linha, pressão imediata.

 

Tottenham a tentar sair a jogar e o Liverpool a pressionar muito alto, obrigando a que o guarda-redes bata a bola.

 

Equipa a subir e a obrigar ao erro.

 

Equipa também sempre muito próxima no lançamento contra. Podemos ver ali os 5 médios.

 

Tottenham a tentar sair a jogar e mais pressão, tapando todas as boas linhas de passe, obrigando a mais um erro.

 

Perder e reagir muito rápido, evitando que a bola saia dali com qualidade.

Veremos se Klopp vai conseguir continuar com esta pressão durante grande parte do jogo. Estes 25 minutos foram mesmo bons, não deixando o adversário respirar.

Autoria e outros dados (tags, etc)