Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Paco Jémez é um conhecido treinador espanhol que comanda o Rayo Vallecano. Com pouco, tem feito muito ao leme da sua equipa. Com uma qualidade individual bastante baixa e poucos recursos, tem mostrado boas ideias e bom futebol.

É, também, um prazer assistir às suas declarações. Fala muito sobre futebol, sobre métodos de treino e ideias de jogo. É um daqueles treinadores que tem a sua ideia para o jogo e vai morrer com ela, pois acha que é a melhor. No fim-de-semana passado, foi jogar ao Santiago Bernabéu com o seu Rayo Vallecano, enfrentando alguns dos melhores jogadores do mundo. Paco, como é habitual, foi sem medo, tentando dominar com uma ideia muito positiva de jogo - pressão alta, sair a jogar, dominar a posse de bola e atacar muito. Contudo, tudo começou a ruir com uma expulsão aos 15 minutos, numa altura que até ganhavam por 1-2 e dominavam. Ainda na primeira parte, apareceu outra expulsão, ficando a sua equipa reduzida a 9 elementos durante mais de uma hora de jogo. O resultado final acabou por ser 10-2, mas mesmo com nove jogadores, a equipa tentou atacar.

O que vou falar é dos primeiros 15 minutos de jogo, onde a equipa esteve muito bem. Não acredito que no fim fossem conseguir a vitória mesmo estando 11 contra 11 em campo, já que a diferença individual é enorme, mas Paco é um treinador que precisa de ser testado a outro nível, aplicando assim as suas ideias num contexto diferente e com mais qualidade individual.

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Bola na rede


Contacte-nos por e-mail